GOSTOU DA PEQUENA AMOSTRA QUER COMPRAR

Pesquisar este blog

sábado, abril 23, 2011

ESPERO

Espero, por que espero,
Não sou zero.
Te quero, pois, espero,
Espero que venha,
Quero que por mim tenha,
Guardado aquele amor,
Quero que me queira,
Espero que não me cause dor.
Espero que bata a poeira.
Espero que me abrace,
Espero que me toque
Por que esperar esse enlace.
Desejo que não me troque.
Espero que não vá e que volte,
Espero que me espere,
Espero que não seja,
Espero que não me esqueça;
Que um dia você me veja,
Que o céu me proteja.

Escrita em: jan/80