GOSTOU DA PEQUENA AMOSTRA QUER COMPRAR

Pesquisar este blog

quinta-feira, março 07, 2013

PÉS DESNUDOS



Pretos, escuros, lameados,
Cansados, não podem parar,
Seguem rumo ao mar,
Buscam exaustos chegar a algum
Lugar, matar a sede dos seus,
E sobrar um pouco para os brutos.
Pés desnudos do sertanejo que
Corre da seca e chega ao Leo.
Pés desnudos, nudez da carne e da alma,
Grita o alforado descalço, desnudo sobre tudo.
Escrita em: 2012